Eu sei que vou.
Insisto na caminhada.
O que não dá é para ficar parado.
Se amanhã o que eu sonhei não for bem aquilo, eu tiro um arco-íris da cartola.
E refaço. Colo. Pinto e bordo.

(Caio Fernando Abreu)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *