“A mentira.
A mentira é a única verdade do mentiroso.
Já que à força de mentir ele não crê em mais ninguém.
A mentira é uma verdade que não chegou a ser executada.
O Balanço é uma mentira contábil.
A Fábula é uma mentira mitológica.
O Romance é uma mentira literária.
Para se distinguir um mentiroso de um coxo basta sair correndo atrás dos dois.

(Millôr Fernandes, O Pif-Paf O Cruzeiro, 1954)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *