SEÇÃO I – NOTÍCIAS DO MUNDO – 150 ANOS DE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS

secaotestr(reprodução da folha de rosto da 1ª edição do livro)

É ano de festa para Alice, a famosa personagem do matemático inglês Lewis Carroll (1832/1898) que entrou na toca do coelho e caiu num universo onírico que vem intrigando e encantando gerações e mais gerações ao longo dos últimos 150 anos. Publicado na Inglaterra no final de 1865 e há mais de um século em domínio público, a abundância de edições da obra, aliada aos filmes, desenhos, animações e peças, contribuíram para manter o mito vivo. É um dos clássicos mais populares do planeta, sobretudo entre os jovens. Mas não apenas o público jovem encontra na Alice de Carroll uma inspiração. James Joyce também vê em Lewis Carroll uma influência. Críticos e especialistas nas obras dos dois autores são unânimes em afirmar que Alice aparece frequentemente em Finnegans Wake. Alice no País das Maravilhas foi publicado em 1865, razão da data comemorativa, mas autor e editor não ficaram satisfeitos. Uma nova edição começou a circular em 1866 (página de rosto acima reproduzida), com ilustrações que ficaram tão célebres quanto a própria Alice. Era o começo da trajetória de sucesso do livro, que inspira matemáticos e psicanalistas, crianças a adultos. E que serve de matéria-prima para artistas das mais diferentes linguagens. Enfim, uma obra que sempre deve ser revisitada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *